Sozinha em Toronto – Por que escolhi morar em Toronto?

Olá pessoal,

Neste post eu vim responder com mais detalhes (bota detalhe nisso) uma pergunta que me fizeram na live com a Kitty: por que escolhi Toronto para morar? Foram vários os motivos como vocês verão abaixo e o fato de estar vindo sozinha teve uma certa influência. Tomei a decisão com informações que obtive pesquisando antes de vir, já que nunca havia estado aqui e agora que já faz sete meses que cheguei pude comprovar tudo pessoalmente.

O primeiro ponto que me fez escolher Toronto para chamar de lar foi o fato de ser uma cidade grande. Sim, eu amo cidades grandes. Sou do interior de São Paulo, mas morei no Rio, em Santiago no Chile, em Curitiba que nem é tão grande assim, mas é uma capital. Também morei em Floripa e foi um choque, porque apesar de também ser uma capital e de ter muitas coisas positivas, na minha opinião tem muito mais características de cidade pequena de interior e foi ali que eu vi que isso não era para mim. Resumindo: eu gosto de vida, gosto de ter varias opções de coisas para fazer, de restauranes, shows, bastante gente, movimento, etc., e Toronto tem tudo isso. 

Com uma população de quase 3 milhões de habitantes só na cidade e um pouco mais de 6 milhões se considerarmos a região metropolitana, Toronto é a cidade mais populosa do Canadá e a quarta mais populosa da América do Norte, perdendo somente para a Cidade do México, Nova Iorque e Los Angeles, nesta ordem. Ou seja, tem muita gente, muita coisa pra fazer, músicos famosos sempre passam por aqui para fazer shows e a cidade sempre recebe grandes eventos e festivais internacionais. Ou seja, atividades não faltam, ideal para quem está solteiro, pois dá para se manter ocupado e conhecer muita gente. 

Centro de Toronto

Outro fator que me fez querer estabelecer raízes em Toronto foi a localização geográfica da cidade. Existe voo direto para o Brasil com duração de um pouco mais de 9 horas. Isso influenciou bastante na minha decisão, já que pretendo visitar minha família sempre que possível. E por outro lado meus pais também pretendem me visitar e eles têm um pouco menos de disposição para enfrentar voos mais longos. Apesar de não ser barato viajar para o Brasil de Toronto, é muito mais barato do que ir de Vancouver por exemplo, que fica bem mais longe. 

Ainda dentro da questão da localização geográfica, existe outro fator interessante, que não necessariamente é privilégio de Toronto, já que outras cidades no Canadá contam com essa vantagem. Toronto fica há poucos minutos ou poucas horas de outras cidades interessantíssimas. Eu sou apaixonada por Nova York e só de saber que em menos de uma hora eu consigo chegar lá é maravilhoso. A passagem de ida e volta custa em média 250 dólares canadenses, sendo possível encontrar preços mais baixos em promoções. Não é exatamente baratíssimo para ir todos os finais de semana, mas de vez em quando dá para dar um pulinho na Big Apple. Toronto tambem fica a 1h e 40 minutos de voo de Chicago (inclusive acabei de ir passer um final de semana prolongado lá) e a 50 min de voo de Boston. As passagens para Miami, apesar de mais longe, também custam em torno de 250 dólares, e não é caro para ir para vários destinos no Caribe. E dentro do Canadá, estamos super perto de Niagara Falls, Blue Mountain que é a região para esquiar aqui de Ontario, 4 horas de carro da capital Ottawa e 6 horas de Montreal… ou seja, para quem gosta de viajar como eu, opções não faltam. Já estou sonhando inclusive com opções mais exóticas como Groenlândia, Islândia, etc. Ah e existem promoções muito acessíveis para ir para a Europa também, já vi passagem por 350 dólares ida e volta. Bom demais! Vejam aqui uma tabela com distância em horas de voo para várias cidades:

Fonte: seetorontonow.com

Outra característica de Toronto que já tinha me cativado antes de chegar aqui foi a multiculturalidade. Desde pequena sempre gostei muito de conviver com pessoas de outras culturas, escutar outros idiomas, experimentar comidas de lugares diferentes, aprender sobre a história de outros países. Para quem não sabe, Toronto é uma das cidades mais multiculturais do mundo (segundo algumas fontes é a cidade mais multicultural do mundo), com habitantes de 230 nacionalidades diferentes. O censo mais recente afirma que 51% da população de Toronto não nasceu no Canadá. E para mim é incrível ver tanta gente diferente convivendo tão harmoniosamente. Casais formados por pessoas de nacionalidades diferentes, crianças de culturas tão diferentes se entendendo e brincando juntas mesmo sem falar o mesmo idioma, acho muito lindo. As diferentes orientaões sexuais também são muito respeitadas. E o mais legal é que existe uma integração e um respeito muito grande entre todas essas pessoas tão diferentes. Em cidades como Nova Iorque ou Londres por exemplo também convivem pessoas de muitas culturas, porém é menos comum ver essa integração entre diferentes grupos. Aqui estão sempre todos juntos e misturados. Como consequência disso, para quem gosta de aprender mais sobre outras culturas e experimentar comidas diferentes, aqui tem de tudo! Só por essa listinha de “apelidos” dos bairros já dá para começar a ter uma ideia: Chinatown, Corso Italia, Greektown, Koreatown, Little India, Little Italy, Little Jamaica, Little Portugal e muito mais. Comida e cultura de todos os lugares do mundo ao meu alcance, não podia ser melhor. 

Comida iraniana

 Bom, pode soar estranho, mas um dos fatores que me fez escolher vir para Toronto também foi o clima. Sim, aqui faz um frio congelante no inverno. E sim eu sempre afirmei que gosto de frio e realmente gosto. Foi a primeira vez que encarei um inverno tão rigoroso, mas continuo achando que tomei a decisão certa. Falo isso porque minha outra opção dentro do Canadá seria ir para Vancouver. Nunca estive lá, então falo com base nos comentários e notícias que vejo. Eu particularmente prefiro mil vezes um inverno intenso e um verão igualmente intenso do que passar o ano inteiro com temperaturas médias e muita chuva. Me disseram que dei sorte e este inverno não foi muito rigoroso (a sensação térmica mais baixa que peguei foi de -25 graus), mas a cidade tem muita estrutura e dá para aguentar numa boa. E eu também fiz questão de morar num lugar que me proporciona uma certa estrutura como supermercado, academia e metrô muito próximos (sem ter que sair na rua). Mas de qualquer forma o transporte público, os prédios, casas e  estabelecimentos comerciais são aquecidos. Existem caminhos subterrâneos e os ônibus passam com uma frequência altíssima, então você só encara o frio mesmo se quiser. Só tem uma coisa do inverno que eu confesso que odeio, que é a tal da freezing rain. É um maldito fenômeno que faz as ruas e calçadas se transformarem em verdadeiras pistas de patinação e a chance de escorregar e cair é altíssima, mas por sorte não é algo que acontece com tanta frequência.

Inverno em Toronto

Em relação ao verão, faz realmente MUITO calor. São em média 16 dias acima de 30 graus no ano, o que parece pouco, porém os 30 graus aqui sao diferentes, são mais quentes que 30 graus no Brasil. Então quando faz 25 já está bem quente. O bom é que não é tão úmido quanto o nosso país tropical, o que eu acho ótimo, você não fica suado e melado o tempo todo. E ainda tem a praia de lago aqui em Toronto na qual eu tive a experiência de nadar pela primeira vez há alguns dias e amei. Água muito limpa, fria mas não tanto, nada muito diferente da temperatura da água da Barra da Tijuca por exemplo. E dá pra fazer SUP, andar de caiaque, windsurf, enfim, mil atividades. Confesso que a praia de lago superou minhas expectativas e estou super satisfeita. 

Do ponto de vista de uma pessoa solteira, aqui não faltam atividades. A cidade está sempre repleta de pessoas jovens do mundo inteiro, muitos estudantes, muitos imigrantes. A vida noturna é bem agitada e tem para  todos os gostos (mentira, esses dias ouvi um caso de alguém que esta sofrendo porque está com saudade de sertanejo). Ok gente, tirando o sertanejo tem de tudo… festas latinas, muito hip-hop, tem rock, forró, samba, milhares de pubs ingleses, escoceses, irlandeses ou como voce quiser, com cervejas do munto todo. Tem festas mais alternativas, festas mais chiques, festas em barcos, shows na praia, em parques, em praças. Isso sem falar nos shows internacionais maravilhosos! Tem bares onde voce pode ir para jogar jogos de tabuleiros, onde você pode cantar num karaokê ou num coral, ou até mesmo pintar quadros e desenhar.  Claro que tudo isso é muito mais intenso durante os meses de calor, mas o inverno tambem tem bastante atividades em lugares fechados. E ainda para quem gosta de esportes temos o Toronto Raptors, time de basquete que faz parte da NBA, o Toronto Maple Leafs no Hockey e o Blue Jays no Baseball. Sem contar os inúmeros parques, trilhas, clubes para praticar esportes grátis ou por um valor simbólico… Como nao amar esta cidade?!

U2 em Toronto, junho/2017

Estou chegando no final desse post e ele ficou muito mais longo do que eu esperava. Está sendo interessante colocar no “papel” quantas coisas maravilhosas existem aqui. Eu confesso que alimentei por um tempo o sonho de morar em Nova Iorque, mas desde que vim para cá ele ficou adormecido. Percebi que Toronto tem tudo ou quase tudo que tem lá e é bastante menos caótica e oferece muito mais qualidade de vida. Ok, eu adoro o caos de Nova Iorque como turista, mas não sei se é tão divertido conviver com ele diariamente. Aqui as pessoas são mais educadas, é um pouco mais organizado, a cidade é mais limpa (apesar de ser menos limpa do que eu esperava), as pessoas se respeitam mais, existe mais interação entre as diferentes culturas e é mais seguro. Nem entrei nos aspectos segurança e qualidade de vida porque essas são características canadenses e não específicas de Toronto. 

Enfim, ainda poderia escrever muito mais, mas vou parar por aqui. Espero que seja útil para quem ainda está em duvida sobre qual cidade escolher. #ilovetoronto 

Se você já veio para Toronto ou mora aqui, compartilhe sua opinião. Se conhece ou mora em outra cidade do Canadá, vou adorar saber como é.

Beijos e ate o proximo post. 

 

Luciana

 

 

6 Comments

  1. Cris

    Lu, passei a seguir teu Instagram depois da entrevista. Agora que li esse post, me identifiquei ainda mais com a sua história. Escolhi Toronto praticamente pelos mesmos motivos que você. Especialmente ser pertinho de NY, cidade que amo! E também vou solteira
    Obrigada pelos posts!
    Quem sabe nos esbarramos por aí ano que vem. 🙂

    • lulikealocal lulikealocal

      Oi Cris! Que bom saber disso! Pois é, eu estou muito satisfeita com a minha escolha e se você se identificou tenho certeza que você vai adorar! Com certeza, mande uma mensagem e vamos tomar um café por aqui. Boa sorte em tudo e obrigada pela visita 🙂

  2. Aldenir

    Lu, adorei esse post! Desde que vi a sua Live com a Kitty, fiquei ainda mais motivado. Meu maior sonho é morar em Toronto. Estou pedindo a Deus todos os dias, para que os meus planos deem certo. Obrigado e um forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *