Express Entry: custos para obter o visto de residência permanente para uma pessoa

Olá!

Hoje vou compartilhar com vocês os custos do processo de imigração através do Federal Skilled Worker, dentro do Express Entry, que foi o meu processo. Vou falar especificamente dos meus custos, então pode haver uma pequena variação no caso de outras pessoas.

Ao falar somente do processo em si, os principais custos são: a prova do IELTS; a taxa do WES (World Education Services) para fazer o reconhecimento do(s) diploma(s); as traduções juramentadas; as taxas da imigração; a consulta médica e os exames médicos. Estes custos estão na cor cinza escuro na tabela abaixo e no meu caso somaram um total de R$ 7.335,00.

Já na parte inferior da tabela coloquei os outros custos, que são aqueles que não são obrigatórios, porém ajudam bastante. No meu caso foram a consulta inicial com uma agência de imigração para avaliação do meu perfil e dois meses com duas horas de aulas particulares por semana voltadas para a preparação específica para o IELTS. A soma dessa parte dá R$ 1.578,00.

No total foram R$ 8.913,00, porém é válido ressaltar que as minhas traduções juramentadas foram bastante mais caras do que o normal já que meu diploma do mestrado e 3 das minhas cartas de comprovação de experiência de trabalho estavam em espanhol. Como é difícil encontrar um tradutor que faça a tradução direta do espanhol para o inglês, normalmente eles cobram o dobro para passar do espanhol para o português e do português para o inglês. E além disso meu diploma da graduação já tinha sido reconhecido no Chile, então ele tinha vários anexos com inúmeros carimbos e todos tiveram que ser traduzidos, aumentando bastante o preço.

Infelizmente os custos não param por aí, pois é necessário comprovar que você possui um determinado valor em dólares canadenses na sua conta para poder se bancar por lá enquanto não consegue trabalho. No meu caso foi necessário comprovar a quantia de CAD 12.164,00 , o equivalente a R$ 32.843,00 na cotação de hoje (R$ 2,70).  Esse valor vai variar de acordo com o número de pessoas que estão aplicando de acordo com a tabela abaixo (link com informações oficiais aqui):

Obtido o visto é necessário começar a pensar em outras despesas, como a compra das passagens, hospedagem para as primeiras semanas, seguro de saúde para os três primeiros meses (pois não temos acesso à saúde pública durante esse período), roupas de inverno se for o caso e outros gastos que não incluí na tabela, porque variam muito de pessoa para pessoa, época do ano, lugar no Canadá e etc.

A tabela em Excel com mais detalhes pode ser baixada no link abaixo. Espero ter ajudado e por favor deixem seus comentários no caso de dúvidas ou sugestões.

Beijos

Gastos imigração

12 Comments

  1. Luiz Carlos

    Olá, parabéns pelas informações. Uma dúvida, você usou alguma empresa para cuidar do seu perfil fazendo toda sua imigração ou só consultou para ver seu perfil e deu entrada na imigração sozinha?

    • lulikealocal lulikealocal

      Olá Luiz Carlos, obrigada. Fiz somente a consulta inicial com a agência de imigração para saber qual seria minha pontuação, o restante do processo fiz sozinha. Obrigada pela visita 🙂

    • lulikealocal lulikealocal

      Olá Bianca, muito obrigada! Fico feliz de saber que está sendo útil. Agora pretendo dedicar mais tempo a ele para poder ajudar a quem pensa em vir para cá. Continue acompanhando que em breve virão novos posts. Bjs e tudo de bom!

  2. Nane

    Olá Luciana, tudo bem? Antes de mais nada, parabéns pelo blog! Excelente conteúdo, muito bem escrito e explicado. Ajuda muito quem ainda está do lado de cá rsrs
    Não sei se você pode me ajudar com uma dúvida em relação à tradução do histórico escolar das suas faculdades. Enviei uma mensagem ao WES mas ainda não recebi resposta.
    A WES exige que o histórico (quando não enviado diretamente) seja selado e assinado pela faculdade, porém é necessária a tradução juramentada de todo conteúdo.
    Você enviou a copia selada do histórico SEM o carimbo do tradutor juramentado à WES? Ou realizou toda tradução e retornou à faculdade para selar novamente os históricos após a tradução?
    Se puder me ajudar, ficaria eternamente grata!

    • lulikealocal lulikealocal

      Oi Nane! Desculpe pela demora em responder, espero que ainda possa ser útil. Na verdade eu peguei o histórico assinado pela faculdade, mandei para o tradutor, peguei de volta e coloquei num envelope timbrado e preenchido pela faculdade e eu mesma coloquei no correio. É o único jeito já que é muito difícil que a faculdade mande por você. Bjs e boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *